/elementos/topo.png



 2013/01

Corpo,Facial,Gel,Hidratante,Loções e Cremes,Mãos e Pés,Máscara Corpporal,Máscara Facial,Normal,Receitas e Modo de Fazer,Receitas para a Pele,Rosto,Seco,Truques e Dicas

Base Polawax Reconstituida

Polawax proporciona emulsões simples e econômicas.
Polawax é uma cera auto-emulsionante de alta densidade, produzindo emulsões espessas s sólidas sem a adição de outras ceras enrijecedoras em concentrações tão baixas quanto 5%, embora uma concentração de 10% possa proporcionar estabilidade superior.
Polawax pode ser usado em emulsões espessas ou fluidas, dependendo de sua concentração na emulsão. A concentrações mais baixas (2 ou 3%).

Base Concentrada reconstituída:

Ingredientes:
Polawax 100 gramas
Água deionizada 900 mls

Modo de preparo:
Em um recipiente de ágata colocar base polawax e adicionar 20% de água. Aquecer em banho-maria a 80 graus mexendo até dissolver totalmente. Acrescentar aos poucos o restante da água e ir mexendo até que fique completamente homogêneo. Retirar do fogo, aguardar até que a temperatura atinja cerca de 50 graus e começar a mexer até que esfrie. Para dar uma consistência mais cremosa, bater por 30 segundos a 1 minuto no liquidificador.
Após esfriar, guardar a base reconstituída em um recipiente fechado ou utilizar na formulação desejada.

Para utilizar na formulação desejada, adicionar água deionizada até chegar na viscosidade desejada, selecionar a quantidade a ser usada para completar o volume final da formulação e, sem seguida adicionar os componentes já pesados e previamente misturados e homogeneizados segundo o método de preparação da formulação. Após estarem todos os componentes devidamente adicionados, agitar a formulação até a completa homogenização da mesma.
 

As Formulações acima contem informações apresentadas de boa fé e fundamentadas no melhor conhecimento sobre o assunto. As informações têm valor apenas indicativo.Quaisquer informações comentadas, inclusive as sugestões de condições de uso dos produtos, não devem substituir ensaios e verificações experimentais que são indispensáveis para assegurar a adequação do produto a cada aplicação específica.
 
 



/elementos/separacao.jpg

 2012/10

Cabelos,Condicionador,Corpo,Couro Cabeludo,Facial,Gel,Hidratante,Loções e Cremes,Mãos e Pés,Máscara Capilar,Máscara Corpporal,Máscara Facial,Normal,Oleoso,Receitas e Modo de Fazer,Receitas para a Pele,Receitas para os Cabelos,Rosto,Sabonete Líquido,Seco,Shampoo

Base Ecopess RECONSTITUÍDA

Essa receita é o creme base para fazer qualquer tipo de creme, loção ou shampoos e condicionadores. Pode-se acrescentar as essências, óleos, extratos e etc…

Material Necessário :
200gr de Ecopess
800 ml de Água Deionizada, Destilada ou Desmineralizada
2gr de Phenoben

Modo de Preparo:
Coloque 500ml de água no liquidificador.
Em seguida coloque Ecopess. Bata no liquidificador até ficar bem viscoso. Complete com o restante de água.

Para fazer géis ou cremes: basta adicionar os ativos bater no liquidificador para homogeneizar e seu creme oil free estará pronto.

Para usar como espessante em shampoos e ou condicionadores, adicione este gel no shampo já com todos os ingredientes colocados e vá ajustando a viscosidade.

 

As Formulações acima contem informações apresentadas de boa fé e fundamentadas no melhor conhecimento sobre o assunto. As informações têm valor apenas indicativo.Quaisquer informações comentadas, inclusive as sugestões de condições de uso dos produtos, não devem substituir ensaios e verificações experimentais que são indispensáveis para assegurar a adequação do produto a cada aplicação específica.
 
 



/elementos/separacao.jpg

 2012/04

Corpo,Gel,Loções e Cremes,Oleoso,Receitas e Modo de Fazer,Receitas para a Pele

Cremes Antiestrias

Gel Redutor:
• 1 kg de base gel
• 30 ml de extrato glicólico de centella asiática
• 2 g de cânfora
• 1 g de mentol
• Corante verde à base de água
• 15 ml de água destilada

Como fazer: Misture tudo e envaze.

Modode usar:
Passe o produto sobre a pele, fazendo movimentos circulares. Indicado para todos os tipos de pele.
 

Creme para Estrias:
• 200g de lactato de amônia
• 50g de vitamina E oleosa
• vitamina a  30g
• vitamina C 10
• Sepigel 30 g

Como fazer: Misture tudo e envaze.
 

Creme para Estrias:
• vitamina E oleosa 20g
• lactato de amônia 150g
• alantoina 10g
• vitamina A hidrossolúvel 50g
• edta 0,1g
• uréia 50g
• metabissulfito de sódio 0,5g
• Sepigel 30 g

Como fazer:
1– Coloque o edta, metabissulfito, ureia em 10ml de água e deixe dissolver
2- Adicione a vitamina A e lactato de amônia
3- Depois adicione a base e mistura tudo e por fim adicione a vitamina E. Misture bem até ficar homogêneo
 

Creme caseiro para evitar estrias:
• 3 colheres de sopa de óleo de amêndoas
• 2 colheres de sopa de creme hidratante corporal para pele ressecada

– Passar o creme massageando a região com estrias 2 vezes ao dia.

 
 

As Formulações acima contem informações apresentadas de boa fé e fundamentadas no melhor conhecimento sobre o assunto. As informações têm valor apenas indicativo.Quaisquer informações comentadas, inclusive as sugestões de condições de uso dos produtos, não devem substituir ensaios e verificações experimentais que são indispensáveis para assegurar a adequação do produto a cada aplicação específica.
 
 
 



/elementos/separacao.jpg

 

Corpo,Facial,Gel,Hidratante,Informações e Produtos,Loções e Cremes,Mãos e Pés,Matéria,Rosto

Sepigel – O milagre da multiplicação do Creme

 


Muito se fala e se faz em termos de bases para cremes e loções. Temos no mercado uma ampla

diversidade de bases para cremes e loções. Porém, esbarramos em detalhes que na hora

de fazer ou ter bons resultados a coisa fica mais séria.

Os géis têm sido muito usados como bases dermatológicas pois possuem bom espalhamento,

são não-gordurosos e podem veicular vários princípios ativos hidrossolúveis e lipossomas.

São mais usados para as peles mistas ou oleosas. Os géis-creme são emulsões contendo alta

porcentagem de fase aquosa e baixíssimo conteúdo óleos, estabilizadas pôr colóide hidrofílico.

São também chamados de cremes oil-free.

O primeiro problema é a preparação do produto, a maioria é ruim de dissolver e nem sempre fica

como você queria, aí toca fazer tudo de novo e torcer para chegar no ponto desejado. As vezes

na hora de determinar o creme você percebe que ficou muito grosso ou muito fino e tem que

adicionar ou retirar a base, e no final das contas, os ativos já não estão mais na contração inicial,

e aí? acertar tudo de novo, ou então fica como está.

O segundo problema, é a oleosidade das bases, a maioria já bem oleosa, e com mais adição

de óleos… para as Peles oleosas acabam se tornando um problema, pois mesmo que se deixe

de colocar algum óleo, a base por si só é oleosa reforçando a sensação de “grude” na pele

e no corpo até que seja absorvido.

Dentro desta tendência do uso de cremes e géis oil free, ou seja livres de óleos, encontramos

o alternativa excelente para tudo isto.
É um polímero acrílico, vendido na forma de solução líquida, que com simples adição de água

forma o gel.

Trata-se de uma preparação que tem sido largamente utilizada, pois em um gel-creme é possível

veicular substancias lipossolúveis, tais como filtros solares, princípios ativos oleosos, sem que

o produto final deixe na pele uma sensação gordurosa e podem ser usados em todos os tipos de pele.

 

 

Gel hidrofílico é uma preparação semi-sólida composta de partículas coloidais que não se

sedimentam (ficam dispersas). Geralmente, as substancias formadoras de géis são polímeros que,

quando dispersos em meio aquoso assumem conformação doadora de viscosidade à preparação.

A constituição do gel, depende da quantidade de água adicionada, assim você consegue desde

um creme até uma loção, dependendo da quantidade de água adicionada.

Como não tem óleo, ele é uma base não comedogênica, isto é não provoca acne, não deixa a pele

oleosa, tem uma absorção e uma sensação na pele muito gostosa, e com a adição de alguns ativos,

o toque pode ficar extremamente sedosa na pele ou no cabelo.
O sepigel é uma alternativa excelente para formulações para pele oleosa, e também para outros

tipos de pele quando se quer um creme mais clean, com toque mais suave e não pegajoso.

O rendimento do sepigel é admirável, com um pouquinho da solução, você faz uma quantidade

grande de creme com qualidade e eficácia.
Outra vantagem do sepigel, principalmente em relação ao carbopol, é a questão do ph. O ph é a

medida da acidez ou alcalinidade de uma solução ou formulação. O carbopol, embora seja um

excelente formador de gel, tem que ser usado em fórmulas alcalinas com ph acima de 7, porque abaixo disso, ele perde a viscosidade.

O ph da pele está entre 5 e 6, relativamente ácido. Os cabelos, ficam brilhantes, quando as

suas cutículas estão fechadas, isto acontece com um ph levemente ácido também entre 5 e 6.

Os melhores cremes para a pele, são aqueles cujo ph é levemente ácido ou neutro ph 7.

Com o carbopol isto é impossível pois ele não funciona se o ph não for alcalino.

O sepigel tolera relativamente bem, ph pouco ácido se tem viscosidade excelente em

ph neutro. É uma grande facilidade, fazer formulações com um desempenho muito

bom em relação ao ph com o sepigel. Você consegue resultados muito bons com facilidade.

Com o uso do sepigel, com certeza seus clientes vão notar a diferença na qualidade e vão

aprovar o produto final.

Vale a pena experimentar!!!!!!

 


Receitas com Sepigel

POMADA CAPILAR – Anti-Frizz  com sepigel

Espero que esta matéria tenha ajudado a esclarecer suas dúvidas.

Tem algum comentário a fazer?

Gostou desta matéria, escreva pra gente contando oque você achou!!!!!

Deixe seu comentário com sugestão de matérias que você gostaria de ler aqui.

Atéa próxima

Maria José

Equipe Técnica Sabão e Glicerina

 

Clique aqui para visitar nossa Loja Virtual

 

 



/elementos/separacao.jpg

 2012/03

Aromaterapia,Gel,Loções e Cremes,Receitas e Modo de Fazer

Receitas Óleos Essenciais para uso Veterinario

 

Uso Veterinário Dos Óleos Essenciais

Os animais também podem se beneficiar de todo o poder da natureza através da utilização dos óleos essenciais e seus hidrolatos. No entanto, este é um assunto delicado que exige muita atenção, pois a escolha do óleo/hidrolato, bem como a dosagem e a frequência de aplicação, pode variar bastante de animal para animal.

Recomenda-se que as formulações contendo óleos essenciais para cães devem corresponder a 25% daquelas para uso em humanos – e cachorros com menos de 8 semanas não devem entrar em contato com os óleos, exceto na condição de aromatizador de ambientes.

Outros animais domésticos de pequeno porte, como pássaros, aves, hamsters, coelhos, jabutis e outros, devem usufruir dos benefícios dos óleos essenciais apenas em vaporizadores ambientais em virtude de seus tamanhos (com pouco volume sanguíneo).

 

loção:
Em 15ml de  álcool de  cereais (apenas para dissolver os óleos, pois eles não se dissolvem na água.) pingue os seguintes óleos:
– 5 gotas de lavanda para ailivar a coceira, ajudar na regeneração da pele
– 3 gotas de vetiver ou pachouli – para cicatrização
– 4 gotas de palma rosa – ótimo para a pele, ajuda a “nutrir” um pouco o animal
– 4 gotas de tea tree – caso seja algum fungo desconhecido
Acrescente 85ml de  água e agite bem. Coloque em um vidro com válvula spray e passe três vezes ao dia.

Para O Cansaço E Tosse Do Cachorro:
base gel neutra com os óleos de  Hissopo (fantástico para abrir o sistema respiratório, trazendo alívio à congestões),Tomilho (tônico dos pulmões e do sistema imunológico) e acrescentamos Palma rosa e Gerânio para fortalecer os rins, trazendo mais energia vital.

 
 

As Formulações acima contem informações apresentadas de boa fé e fundamentadas no melhor conhecimento sobre o assunto. As informações têm valor apenas indicativo.Quaisquer informações comentadas, inclusive as sugestões de condições de uso dos produtos, não devem substituir ensaios e verificações experimentais que são indispensáveis para assegurar a adequação do produto a cada aplicação específica.
 
 
 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...


/elementos/separacao.jpg

Próxima Página »