Cabelos Viciados?! Isso realmente pode acontecer?

Quem não passou por aquela sensação de que o shampoo não funciona mais? Acho que todos nós já mudamos de produto pelo menos uma vez na vida, porque parecia que não funcionava mais, não é mesmo?

O que realmente acontece?

O shampoo tem na sua composição um detergente ou tensoativo, que geralmente é aniônico, ou, com carga negativa.

A limpeza dos cabelos é feita deixando íons, ou cargas negativas nos fios de cabelo. Os condicionadores deixam uma carga positiva que neutraliza a do shampoo.

Estas cargas vão se renovando nas sucessivas lavagens dos cabelos, mas não são totalmente retiradas, além do que, a cada lavagem novas cargas vão sendo adicionadas aos fios.

O acúmulo crescente de cargas nos fios de cabelos, faz com que, em determinado momento, o detergente não consiga mais agir com a mesma eficiência para retirar a sujeira do cabelo, causando esta sensação de que o cabelo “está viciado” ou “acostumado” ao shampoo por isso ele “não faz mais efeito”.

O cabelo não acostumou, e nem o shampoo deixou de fazer efeito, é o excesso de cargas residuais nos cabelos que dificulta a limpeza.

E como resolver este problema. Tem jeito?

Tem jeito sim! E não é difícil. A dica é simples: lavar os cabelos com um shampoo anti-resíduos, que pode ser a base de edta, substância quelante que remove íons.

Outra maneira natural, é antes de lavar os cabelos aplicar primeiro uma solução de bicarbonato de sódio, deixar uns 3 minutos e enxaguar e aplicar meio copo de vinagre de maçã, deixar uns 3 minutos e enxaguar. Lavar os cabelos normalmente com o shampoo de sua preferência normalmente.

Estes procedimentos prometem livrar os fios dos resíduos deixados nas lavagens anteriores, deixando-os livres para que o shampoo possa funcionar novamente.

Espero que tenham gostado da nossa dica!

Você pode também pode Personalizar seu Próprio Shampoo. 

Soluções caseiras o cabelo com efeitos de química ou shampoo anti-resíduos

Máscara para uso depois de shampoo anti-resíduos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *