CRODA BASE Quem é e como manipular

 

A base Croda é uma base concentrada sólida, de cor branca em forma pastosa, desenvolvida através de cuidadosos estudos para que, com a simples adição de água, se obtenha cremes e loções da mais alta qualidade e com uma aparência especial. Produto completo formulado com ceras espessantes, emulsionantes não iônicos emolientes de lanolina e hidrocarbonetos, ideal para o preparo de cremes e loções cremosas.
Propriedades:Apresenta facilidade de manipulação, preparação e considerável economia de tempo, devido a supressão de diversas etapas decorrentes da adição individual dos componentes de uma formulação.
Clique aqui para ver a receita de hidratante com base Croda

A base Croda possui a capacidade de formar emulsões altamente estáveis do tipo Óleo/Água, para o preparo de cremes e loções cremosas. Ela, pode ser utilizada em diferentes consistências, dependendo do tipo do creme que o manipulador deseja fazer.
A característica e a natureza diversificada de seus componentes resultam em produtos com propriedades umectantes, emolientes e hidratantes.

Quando se requer que o creme ou loção tenha a função de espalhamento rápido sobre a pele em áreas relativamente extensas, formando uma película fina e protetora, torna-se a base ideal para tais formulações.

Apesar da base Croda já possuir propriedades umectantes, emolientes e hidratantes, ela pode ser potencializada com inúmeros produtos, caso seja necessário realçar alguma de suas propriedades.
É compatível com a maioria dos conservantes usados e pode ser aditivada com extratos botânicos, proteínas, óleos vegetais e diversos outros princípios ativos.

Por ser uma base concentrada, pode representar toda a fase oleosa da emulsão. Com isso, facilita a manipulação e reduz o número de itens para a pesagem e estocagem, o que representa economia de espaço e tempo.


Aplicações:

A base Croda é de grande valia nas preparações de cremes e loções nutritivas, ricos em proteínas, a base de colágeno e elastina.

Portanto, uma infinidade de outros produtos podem ser formulados, com as vantagens descritas, ficando a critério da necessidade e criatividade do manipulador. Tais como Cuidado da pele; produtos Infantis e produtos farmacêuticos.
Para Aromaterapia:

Para compor um creme neutro para uso em Aromaterapia utilize somente óleos carregadores vegetais e o óleo essencial que tenha a finalidade terapêutica desejada.
Proporção de 20 a 50 ml por Kilo de creme.
Evite também utilizar de outros aditivos como silicone uma vez que este forma uma película sobre a pele impedindo a função do óleo essencial.
Concentração de uso:
Loção Cremosa: 10-12%
Cremes: 18-25%
Modo de manipular a base:

1) Fundir a base a 75-85°C;

2) Aquecer a água a mesma temperatura e adicioná-la a fase oleosa lentamente, sob agitação mecânica.

3)Adicione o conservante e os ativos;

4)Manter a agitação mecânica até seu completo resfriamento e adicionar, então, a essência.
Ela suporta até 20% do seu peso em termos de componentes oleosos.
Após constituir o creme na consistência desejada, você adiciona os aditivos, que podem ser desde os óleos essenciais, óleos vegetais, silicone, extratos glicólicos, vitaminas, lanolina, ativos químicos, essências, etc.
Para o iniciante de trabalho com esta base:

• Para ter a noção da cremosidade (consistência) da base que deseja usar para o creme.

• Pegue um pequena porção da base, 100 gramas por exemplo, para preparar.

• Em um recipiente (panela) coloque cerca de 200 ml de água deionizada para esquentar.

• Deixe aquecer, até chegar a uns 80 graus, perto de ferver. Desligue.

• Em um outro recipiente, coloque a base.

• Use uma seringa, ou um copo medidor para saber a quantidade exata de água colocada.

• Adicione um pouco da água quente, uns 30 ml sobre a base,e, com um bastão de vidro vá misturando
as duas até a base se dissolver completamente na água.

• Espere esfriar um pouco e verifique a consistência da base.

• Enquanto necessário, adicione mais água quente e repita o processo novamente.

• Tenha um papel e caneta em mãos para anotar a quantidade de água que você está adicionando.

• Quando a base chegar a consistência desejada, está pronta.

• A partir desta preparação, você vai ter a noção exata da quantidade de água que vai precisar para
preparar os futuros cremes, loções, etc.

• Lembre-se que depois, você ainda vai adicionar os ativos e a essência ao creme, então é
interessante, deixar o creme base, um pouco mais grosso do que você pretende que fique o produto
final, pois a adição de ativos, dependendo do que for e da quantidade, podem modificar a
cremosidade do produto final.

• Extratos glicólicos e algumas essências, por exemplo, eventualmente, podem diminuir a consistência
do creme.

• Alguns produtos oleosos ou muito viscosos, tais como elastômero de silicone, podem dar mais
consistência ao creme.

• Recomendamos cuidado ao utilizar como veículo para ativos ácidos. Pode haver perda de viscosidade.
Dicas de preparo:

Você também pode deixar uma boa quantidade de creme base pronta, adicionada apenas do conservante, num pote com excelente vedação. A medida que você vai preparar os cremes, a base já está pronta e você só completa com os ativos.
Como trabalhar com a base pronta:

? Supondo que você vá preparar 200 gramas de creme anti-aging por exemplo.

? Pese um recipiente vazio e anote o peso dele.

? Coloque 100 gramas da base pronta em um recipiente, adicione todos os ativos desejados e a
essência, sem esquecer que a base já tem o conservante suficiente.

? Misture tudo até homogeneizar todas as substâncias com a base. Pese o total e desconte dele o peso
do recipiente.

? Ainda na balança, vá adicionando mais base pronta até completar as 200 gramas.

? Com o bastão de vidro, misture tudo até ficar completamente homogêneo o sistema.

? Agora seu creme está pronto , é só envasar.
Clique aqui para ver a receita de hidratante com base Croda

 

Até a Próxima

As Formulações acima contem informações apresentadas de boa fé e fundamentadas no melhor conhecimento sobre o assunto. As informações têm valor apenas indicativo.Quaisquer informações comentadas, inclusive as sugestões de condições de uso dos produtos, não devem substituir ensaios e verificações experimentais que são indispensáveis para assegurar a adequação do produto a cada aplicação específica.

 

 

VOCÊ PODE GOSTAR

Share on FacebookShare on Google+Pin on PinterestTweet about this on TwitterShare on LinkedInEmail this to someone
COMPARTILHE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *