Hidratantes Parte 2: Componentes de um Hidratante e sua Função:

 

 

 

Hidratantes
As informações sobre os hidratantes aumentaram exponencialmente nos últimos anos. Os hidratantes do novo milênio incluem agentes que simulam ingredientes naturais e funcionam como plantas, incluindo vitaminas, hidroxiácidos e retinóides. Outros ingredientes comumente encontrados são o colágeno, a elastina, o DNA, o ácido ribonucleico (RNA), o hialuronato de sódio e as ceramidas.

Uma explicação da ação do hidratante é que a água, é mantida por propriedades higroscópicas na pele. Isso contribui para a suavização da superfície cutânea. Pesquisadores mostraram que a oclusão da pele por produtos como a vaselina, a parafina, ceras ou graxas restaura e intensifica a difusão natural da umidade a partir dos leitos capilares dérmicos. Os hidratantes conferem uma barreira temporária a pele danificada, o que proporciona tempo suficiente para a reparação dessa camada.

Umectantes
São substâncias que atraem água quando aplicados à pele. Os umectantes também podem aumentar a perda de água transepidérmica. Por vezes, isso pode levar a uma percepção de retesamento ou ressecamento da pele. Exemplos de umectantes: glicerina, sorbitol, uréia, alfa-hidroxiácidos (AHAs) e os açúcares. O ácido lático, particularmente a forma de sal lactato de amônio, demonstrou capacidade de reduzir o estrato córneo espessado da xerose, bem como remover e limpar a descamação espessa na ictiose e em outras afecções da pele.

Oclusão
A lanolina foi a primeira substância a ser empregada em um sistema oclusivo. Seu uso como barreira é conhecido há milhares de anos. A vaselina agora é o principal ingrediente usado em formulações oclusivas. Dependendo da concentração, a vaselina bloqueia fisicamente a superfície da pele e reduz a perda de água transepidérmica. Isso aumenta o conteúdo de água na mesma, produzindo um estado de hidratação.
Existem duas razões pelas quais a oclusão é um dos melhores tratamentos de pele seca. Em primeiro lugar, a água transepidérmica é a fonte mais efetiva de água (água acrescentada à pele evapora em 10 a 20 minutos). Em segundo lugar, esses agentes oclusivos têm efeito emoliente.

Fator de hidratação natural
É uma combinação de várias substâncias com baixo peso molecular. Estas incluem aminoácidos, pirrolidona de ácido carboxílico, lactato, uréia, amônia, ácido úrico, glicosamina, creatinina, citrato, sódio, potássio, cálcio, magnésio, fosfato, cloro, açúcar, ácidos orgânicos, peptídeos e outras substâncias não identificadas. Muitas dessas substâncias são acrescentadas aos hidratantes para ajudar suas propriedades higroscópicas. Grande parte dessas substâncias causa irritação. Por exemplo, o ácido lático e o propilenoglicol também atuam como esfoliantes, e a uréia contém propriedades antibacterianas de amplo espectro. Dessa forma, a manutenção e a hidratação da pele são o resultado de uma obra-prima multifacetada.

Emolientes
Os emolientes proporcionam a melhora terapêutica dos efeitos em descamação. Os emolientes funcionam na suavização da pele áspera, mudando seu aspecto, lubrificando-a, substituindo seus lipídeos naturais e proporcionando oclusão. Os emolientes são compostos por emulsões de água em óleo; desta forma, o óleo é o maior componente, variando de 3% a 25%. A concentração de óleo nos emolientes é importante para espalhá-lo mais facilmente e para se atingir o grau de oclusão desejado.

O tipo de emoliente e a proporção da água para óleo determinam a classificação do hidratante, o que é importante para diferentes tipos de pele. As pessoas com pele oleosa devem escolher um hidratante sem óleo.

Existem dois tipos de hidratantes isentos de óleo. Um grupo contém produtos estritamente isentos de óleo, como o propilenoglicol e a glicerina, que são secantes e podem causar coceira em pele irritada. O segundo grupo contém ésteres emolientes, que têm comportamento semelhante ao do óleo. Os ésteres possivelmente sejam comedogênicos. Os ésteres fabricados para pele seca contêm óleos mais pesados (como a vaselina), e os produtos para pele normal geralmente contêm óleo mineral e propilenoglicol como principais ingredientes.

Emulsificantes
Os emulsificantes são usados para auxiliar na produção de uma emulsão. A emulsão é formada quando dois ou mais líquidos não-miscíveis são agitados até que a mistura continue a parecer homogeneizada.

Conservantes
Um conservante é essencial em qualquer formulação de loção ou creme, especialmente naquelas contendo água. O sistema deve ser protegido de contaminação microbiológica durante a fabricação e depois que o usuário o abre e potencialmente contamina o sistema por seu uso.
Parabenos (combinação metilparabeno [MP]) – propilparabeno [PP]): 70%.
Agente quelante (ácido etilenodiaminatetracético [EDTA] é o mais comum): 33%.
Metilisotiazolinona e metilcloroisotiazolinona (Kathon CG): 10%.
Álcoois: 10%.

Fragrâncias
As fragrâncias são usadas para mascarar o odor de ingredientes da formulação e para conferir um aroma fresco agradável. A fragrância é acrescentada a 65% dos hidratantes. As fragrâncias são sensibilizadores comuns. São os mais prováveis irritantes, especialmente nos indivíduos com uma dermatose já existente.
 

Na próxima matéria falaremos sobre Hidratantes e tipos de pele e Estações

Aguarde!!!

 


 

Outras Matérias que podem te interessar...

Share on FacebookShare on Google+Pin on PinterestTweet about this on TwitterEmail this to someoneShare on LinkedInPrint this page
COMPARTILHE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *