Diferenças entre Amida 60, 80 e 90

 

A Amida de coco, também conhecida como Dietanolamida de ácido graxo de coco é um tensoativo não-iônico muito utilizado em detergentes, shampoos, sabonetes líquidos e produtos de limpeza. Possui ação espessante, sobrengordurante, estabilizador de espuma e solubilizante de essências. É utilizada para espessar shampoos e detergentes, diminuindo a quantidade de sal no acerto da viscosidade.

A principal função do espessante é melhorar a estabilidade da emulsão em altas temperaturas. Entre as suas outras funções estão a de melhorar a suspensão do material particulado e espessar as emulsões, alterando suas características físicas. É preciso muito cuidado ao usá-los porque, muitas vezes, estes conferem uma característica pegajosa ao produto.

Em cosméticos é utilizada a Amida 80 e a Amida 90, a diferença entre elas esta no grau de pureza do produto.

A Amida ajuda na formação de espuma abundante, cremosa e estável, melhora a ação de detergência, aumenta a viscosidade e age como sobrengordurante evitando o ressecamento excessivo da pele e dos cabelos (repõe a gordura natural da pele e do cabelo retirada por ação da detergência dos produtos).

O produto é utilizado no preparo de cosméticos em shampoos, cremes condicionadores, banhos de espuma e sabonetes líquidos (Amida 80 ou 90).

A Amida melhora o sensorial e o deslizamento do tensoativo, diminui o ponto de turvação dos produtos e promove a formação de uma espuma rica e estável.

A denominação 60, 80 e 90 são referentes à concentração da amida por litro de solução. A 60, não é indicada para uso em cosméticos por conta da concentração muito baixa e pela quantidade de resíduos presentes ou pelo baixo grau de pureza do produto.

A mais indicada para uso cosmético é a 90, por ser mais concentrada e por ter um grau de pureza maior.

Amida 60

A Amida 60 não é indicada para uso em cosméticos, sendo utilizada em produtos de limpeza e em produtos de uso automotivo.

A Amida 60 tem caráter não iônico, sendo compatível com todas as substâncias aniônicas, catiônicas e anfotéricas.

A Amida 60 é uma amida do tipo 2:1, ou seja, resultado da reação de 2 moles de dietanolamina com 1 mol de ácido graxo de côco.

As amidas 2:1 tem a vantagem sobre as superamidas 1:1 de serem mais solúveis em água, guardando ainda apreciável teor de amida, mínimo 60%.

APLICAÇÕES

A Amida 60 é utilizada nas formulações de detergentes domésticos e industriais, shampoos automotivos, desengordurantes, desengraxantes, limpadores multiuso, sabões líquidos, lava roupas e em outros produtos de uso domissanitário. A amida 60 desenvolve um caráter doador de viscosidade, além das propriedades emulsionantes em óleos minerais.

Amida 80

A amida 80 também é empregada nas formulações de detergentes, porém com um campo mais expandido do que a amida 60. A amida 80 tem propriedades espessantes, estabilizante de espuma em detergentes, shampoos, cosméticos, e compatibilidade com tensoativos iônicos e aniônicos. A amida 80 também é biodegradável, o que contribui para o meio ambiente. é compatível com tensoativos não iônicos e aniônicos e Biodegradável.

Aplicações

Devido às suas importantes propriedades de espessamento, sobreengordurante, emulsionante e estabilizadores de espuma, amida 80 é indicada para a fabricação de xampus, sabonetes líquidos e cremosos, géis para ducha, banhos de espuma, cremes para barbear, além de outras preparações cosméticas.

Em formulações de xampus, banhos de espuma e sabonetes líquidos, recompõem a gordura natural da pele e cabelo, retirada por ação de tensoativos / detergentes.

A amida 80 permite a redução de sais empregados como eletrólitos (espessante), diminuindo a irritabilidade e o ponto de turvação das formulações.

Amida 90

A Amida 90 é uma Dietanolamida do Ácido Graxo de coco com 90% mínimo de concentração. É compatível com tensoativos não iônicos e aniônicos e Biodegradável.

A amida 90 possui características espessantes e desengordurante. São utilizadas na fabricação de shampoos, emulsões e banhos de espuma, além da utilização na síntese de outros produtos como: álcoois graxos etoxilados sulfatados, devido suas interações estruturais, proporcionam aumento da solubilidade.

Utilizada em conjunto com álcoois graxos sulfatados e álcoois graxos etoxilados sulfatados em função da
forte interação entre o grupo amida e os íons sulfato dos tensoativos aniônicos, que proporciona o aumento
da solubilidade, estabilidade da espuma e espessante do sistema.

Além de todas essas propriedades entre as amidas 60, 80 e 90, a propriedade de maior importância e que conferem a elas grande aplicação no mercado é a proteção dérmica que proporcionam, elas não causam ressecamento da pele.

Aplicações

Devido às suas importantes propriedades de espessamento, sobreengordurante e estabilizadores de espuma, amida 90 é indicado para a fabricação de xampus, sabonetes líquidos e cremosos, géis para ducha, banhos de espuma, cremes para barbear, além de outras preparações cosméticas. Em formulações de xampus, banhos de espuma e sabonetes líquidos, recompõe a gordura natural da pele e cabelo, retirada por ação de tensoativos / detergentes.

A amida 90 permite a redução de sais empregados como eletrólitos (espessante), diminuindo a irritabilidade e o ponto de turvação das formulações.

Em função do elevado grau de pureza e maior necessidade de sobrengorduramento da pele, a amida 90 é especialmente recomendada para formulações de sabonetes líquidos e de desengraxantes para lavagem de mãos.

As Amidas apresentam os seguintes benefícios ao produto elaborado:

? reduz a agressividade às mãos;
? melhora a compatibilidade do detergente com a epiderme
? aumento do poder detergente;
? aumento de viscosidade;
? diminuição de temperatura de turvação;
? economia.

A função estabilizante de espuma de tensoativos aniônicos, exercida pelas Amidas, é especialmente importante em condições de lavagem com presença de gorduras. As amidas modificam a estrutura da espuma, tornando-a rica, densa e com grande número de bolhas de pequeno tamanho. Os produtos atuam também em sinergia com a betaína (anfótero) e tensoativos aniônicos, favorecendo ainda mais a estabilidade de espuma.

 

 

Sabonete líquido para ocasiões especiais

Material utilizado:
– 250 ml de concentrado para sabonete líquido.
– 1 litros de água destilada ou mineral.
– 10 ml de essência de Rosas vermelha.
– 10 ml de essência de Cardamomo.
– 10 ml de essência de Canela.
– 10 ml de essência de Flor de laranjeira.
– Corante base de água nas cores vermelho e rosa.
– 20 ml de extrato glicólico de Aloe Vera.
– 20 ml de extrato glicólico de Rosas brancas.
– Pétalas de rosas desidratadas.

Modo de preparo:

– Adicione o concentrado e a água em um recipiente e misture tudo muito bem para que fique homogêneo.

– Próximo passo coloque o corante, a essência e o extrato, agora misture tudo para ficar bem homogêneo.

– Em seguida acrescente aos goles o anfótero e mexa, repita isto diminuindo a quantidade de cada gole até que fique espesso e chegue à viscosidade correta de sabonete líquido.

 

As Formulações acima contem informações apresentadas de boa fé e fundamentadas no melhor conhecimento sobre o assunto. As informações têm valor apenas indicativo.Quaisquer informações comentadas, inclusive as sugestões de condições de uso dos produtos, não devem substituir ensaios e verificações experimentais que são indispensáveis para assegurar a adequação do produto a cada aplicação específica.

 

 

 

 

 

VOCÊ PODE GOSTAR

Share on FacebookShare on Google+Pin on PinterestTweet about this on TwitterShare on LinkedInEmail this to someone
COMPARTILHE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *