Perfumes – Final

 

 

COMO USAR E NÃO USAR PERFUMES
• Tome cuidado com outros cheiros que o corpo apresente, como o de sabonete, xampu, desodorante e cremes.

• Os melhores pontos para aplicar o perfume é na nuca, atrás das orelhas, pulsos, pescoço e dobras dos branços (locais onde a circulação sanguínea é maior). Não esfregue a pele no local em que foi aplicado o perfume. Podemos também seguir o conselho de Coco Chanel, que diz que “uma mulher deve usar o perfume onde quiser ser beijada”.

• Não aplique em roupas, o odor do tecido se mistura ao da fragrância, alterando o resultado. Podendo, ainda, haver o risco de manchar e danificar o tecido.

• Quando for se expor ao sol evite usar perfumes, pois se trata de produto químico que poderá provocar manchas na pele.

• Se apresentar algum problema dermatológico evite usar perfumes, pois as formulações apresentam álcool e podem sensibilizar a pele ainda mais.

• Prefira aplicar o seu perfume alguns minutos após o banho, porque logo em seguida os poros retêm mais água e o contato com o perfume faz com que a fragrância evapore rapidamente.

• Pela manhã não abuse na quantidade borrifada de perfume, pois neste período do dia o olfato está mais apurado e o aroma poderá parecer mais forte ainda.

 

DICAS DE MANUTENÇÃO
• Perfumes devem ser mantidos ao abrigo de luz, umidade e calor, pois se alteram quando expostos a esses agentes.

• O banheiro, que a maioria das pessoas usa, não é o local mais indicado para colocar os perfumes porque a umidade e as oscilações de temperatura prejudicam a fragrância. Um bom lugar é dentro do guarda-roupa ou em qualquer canto escuro, porém fresco, arejado.

• Para prevenir a evaporação, mantenha os frascos bem fechados e nas caixas originais, sem contato com o ar.

• Uma vez abertos, inicia-se o processo de deterioração. Em perfeitas condições de armazenamento, porém, a vida útil de um perfume chega facilmente a três anos. Há casos em que podem, inclusive, durar mais do que isso.

• Para saber se o líquido estragou, preste atenção se a coloração escureceu e ficou em tom de caramelo. E, mais que isso, caso perceba cheiro de vinagre no frasco, jogue fora.

 

 

Curiosidades sobre perfumes

• A paixão pelos perfumes alcançou seu auge nas cortes francesas do século XVIII, quando Luís XV decretou que para cada dia da semana deveria haver uma fragrância diferente na corte. Madame Pompadour (1721-1764) teria gasto o equivalente a R$250 000,00 em perfumes.

• Arqueólogos que abriram o túmulo do faraó Tutankhamon em 1922 encontraram vasos com um óleo perfumado conhecido como Kiphi. Após 3 300 anos, traços do aroma ainda puderam ser detectados.

• O ano de 1900 representou o auge no comércio do óleo de almíscar (musk), quando cerca de 1 400 kg do óleo foram coletados, causando a morte de 50 mil animais.

• Atualmente, o comércio mundial do óleo de almíscar natural é limitado a 300 kg por ano, o que ainda representa a morte para alguns milhares de veados almiscareiros.

• O óleo de jasmim natural custa cerca de R$5 000,00 por quilograma. A mesma quantidade da fragrância artificial chega a custar R$5,00.

• São necessárias cinco toneladas de rosas para se obter um quilograma de óleo essencial.

• É famosa a carta que Napoleão escreveu a Josefina dois meses antes de retornar: “Pare de tomar banho! Estou voltando!”

• O profeta e fundador do islamismo, Maomé, acreditava no poder dos perfumes e, segundo dizem, teria afirmado certa vez: “Três coisas são importantes para mim na Terra: mulheres, perfumes e orações.” Numa outra ocasião, teria dito: “O perfume é o alimento que nutre meus pensamentos.”

• Um quilograma de óleo essencial de jasmim requer para ser obtido cerca de oito milhões de flores.


Clique Aqui para ver a Receita de Óleo Trifásico Perfumado Floral

 

VOCÊ PODE GOSTAR

Share on FacebookShare on Google+Pin on PinterestTweet about this on TwitterShare on LinkedInEmail this to someone
COMPARTILHE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *