Lanolina – A gordura poderosa

A lanolina, presente em cremes hidratantes, sabonetes, xampus e amaciantes de roupas, é um material constituído por vários tipos de substâncias, obtido da lã do carneiro.
A lanolina é constituída por vários compostos, incluindo ésteres e poliésteres de álcoois de cadeia longa e ácidos graxos, com predominância dos insaturados, representados por uma proporção elevada dos ácidos eicosapentaenoico (EPA), linoleico e docosa-hexaenoico.

Ela é obtida como subproduto da limpeza da lã dos carneiros, daí o seu nome, que é derivado do latim: lana = lã e oleum = óleo. A lanolina é uma graxa amarelada e é excretada pelas glândulas sebáceas desses animais.

 

A Lanolina possui larga aplicação industrial, principalmente em cosméticos.
Veja algumas dessas aplicações:

Hidratante para a pele:a lanolina consegue evitar a perda de água pela pele, mantendo-a hidratada, pois suas longas cadeias têm extremidades polares que se ligam às moléculas de água na pele.

Essa ação hidratante faz com que ela seja uma substância umectante ou emoliente (amaciante), aumentando também a hidratação e a elasticidade da pele. Em razão disso, muitas mães em fase de amamentação usam esse hidratante nos seios, para evitar rachaduras e dores.
Sobre-engordurante em cabelos: nos xampus, os surfactantes removem a gordura do cabelo; assim, a lanolina é usada nesses produtos como sobre-engordurante, ou seja, ela tem a propriedade de repor parte da gordura perdida, facilitando o penteado dos fios.

Nos cabelos, amacia e protege as fibras danificadas por tratamentos químicos e condiciona os cabelos ressecados.

 

Clique Aqui para ver a receita de shampoo com lanolina

 

Mas uma coisa que deve ser levada em consideração é que nem sempre um xampu que contém lanolina é o mais indicado para você. Isso ocorre porque algumas pessoas desenvolvem um processo alérgico, provocando coceira e eczema local. Esses sintomas passam quando a pessoa deixa de usar o xampu com lanolina.
Cicatrização: alguns medicamentos para tratamento de feridas e cicatrização contêm a lanolina como ingrediente. Existem controvérsias sobre possíveis efeitos adversos de seu uso, porém ainda não há nada comprovado.
Impermeabilizante: a lanolina pode ser usada para impedir a passagem da água, como em fraldas, por exemplo.
Cosméticos e protetores: é usada em batons para a hidratação de lábios. A lanolina é um excelente dispersante para pós e pigmentos, sendo útil na formulação de maquiagens, pomadas e produtos solares. Além disso, a lanolina possui a capacidade de aderência, sendo usada em maquiagens, como sombras, blushes, batons, entre outros.
Lubrificante: a forma anidra (sem água) é usada como lubrificante de instrumentos musicais de sopro.
Lanolina para cuidados com a pele
Lanolina é frequentemente usada como tratamento de cuidados com a pela para pele delicada
A lanolina é uma das melhores substâncias para ser usada em peles delicadas, secas ou rachadas. Ela normalmente é o ingrediente chave em batons, cremes, loções de barbear e hidratantes para a pele. Ela também é usada frequentemente em medicamentos para acalmar erupções, amenizar queimaduras e abrasões. Nesse caso, ela é muito pura; a lanolina pouco refinada pode causar reações alérgicas em algumas pessoas.
Lanolina para cuidados com o cabelo
Lanolina é um hidratante pesado, normalmente usado em pomadas
Lanolina é um hidratante muito pesado. Ela tem sido usada por muitos anos como um condicionador de cabelo e couro cabeludo, pomada e tratamento sem enxague. Apesar de promover um excelentes benefícios de hidratação para o couro cabeludo e o cabelo, ela pode pesar em cabelos finos ou lisos. Ela é mais popular para uso em cabelos cacheados ou como pomada para manter ou fixar penteados nos quais o movimento solto do cabelo não é desejado.
Como a lanolina funciona
Vento, água ou ar seco pode secar sua pele mais rápido do que seus óleos naturais podem aguentar
A lanolina funciona criando uma barreira na superfície da pele ajudando a evitar que a água evapore. A pele produz óleo naturais com esse propósito, de fato, mas esses óleo podem ser lavados, deixando a pele seca e rachada. As vezes o ambiente pode estar mais frio, seco ou ventoso para seus óleos aguentarem, e adicionar óleos extras á superfície ajuda a dar proteção extra.

A lanolina anidra é ligeiramente solúvel em álcool, solúvel em clorofórmio, éter, acetona e benzeno. É praticamente insolúvel em água. Agente amaciante e emoliente para a pele; Agente condicionador e umectante; Emulsificante poderoso A/O; Co-emulsificante O/A ; Agente sobreengordurante; Plasticizante; Dispersante de pós e pigmentos; Rica fonte de colesterol e outros esteróis.

A Lanolina é empregada largamente como base de pomadas e agente emulsificante em preparações tópicas, oftálmicas e cosméticas. Por si só a lanolina não é absorvida pela pele, mas quando são adicionados óleos vegetais adequados, pode-se obter cremes emolientes que penetram na pele e facilitam a absorção dos princípios ativos. Cremes e loções hidratantes para a pele; Produtos solares; Cremes de proteção e limpeza para bebês; Maquilagem; Condicionadores e Shampoos;
Dosagem aplicação: 3 a 20%


Clique Aqui para ver a receita de shampoo com lanolina

 

 

 

Outras Matérias que podem te interessar...

Share on FacebookShare on Google+Pin on PinterestTweet about this on TwitterEmail this to someoneShare on LinkedInPrint this page
COMPARTILHE

2 thoughts on “Lanolina – A gordura poderosa

  1. Tenho 77a. Com o uso de dois sabonetes LANOLINA meus pêlos da pele começaram a “ressuscitar”. Prova de que houve um rejuvenescimento do couro cabeludo. Parte dos cabelos brancos da cabeça começaram a voltar a cor original, preta. Absolutamente inesperado! 19/08/2014. Desejo adquirir produtos LAN0LINA para mim e minha esposa mas não tenho onde adquirir em Recife. POR ACASO ENCONTREI SABONETES NAS FARMÁCIAS PAQUE-MENOS.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *