Manteiga de MuruMuru


De volta a mídia

A algum tempo atrás o murumuru era derrubado pois seu caule espinhoso impedia os extrativistas de subir para coletar os frutos e machucava os menos cuidadosos e desavisados. Depois da descoberta de suas propriedades cosméticas seus frutos depois que caem das árvores, passaram a ser colhidos e seus óleos utilizados na cosmetologia.

Quando o fruto está maduro, o cacho cai inteiro ao chão. O fruto é coberto por uma polpa amarela, que é bastante apreciada como alimento pelos animais roedores, que deixa o caroço limpo. O caroço contém uma casca lenhosa e somente em estado seco é possível de separar a casca da amêndoa. Em geral, 100 kg de caroços secos (12 – 15% de umidade) rendem entre 27 a 29 kg de amêndoas, que devem ser submetidas a um processo de secagem para alcançar 5 a 6% de umidade para evitar a deterioração durante o armazenamento. Da amêndoa pode ser obtido 40 a 42 % de óleo. Um pé de murumuru produz cerca de 11 kg de caroço seco e através de extração hidráulica o rendimento de óleo pode chegar até 35% do peso seco da amêndoa, equivalendo a cerca de 3,8 ltr por pé de murumuru.
Clique no link para ver a receita de banho de óleo para cabelos cacheados e crespos


Voltando à mídia outra vez através do programa Bem Estar, as propriedades da manteiga do murumuru, são propagadas para a pele e cabelo. O uso do óleo traz inúmeras vantagens para a pele e os cabelos.

A manteiga de murumuru é altamente nutritiva, emoliente e hidratante ao cabelo e possibilita a recuperação da umidade e elasticidade natural da pele. Utilizada em pequenas proporções em xampus (0,5% até 1%) e em formulações de condicionadores, cremes e loções hidratantes, sabonetes, batons e desodorantes (0,5% até 8%).

O murumuru, vem sendo considerado o Argan brasileiro, um subtituto nacional a altura do ouro marroquino, além de tudo mais barato.

O grupo L’Oréal usa a manteiga de murumuru como ingrediente dos seus produtos. A linha Absolut Control, de L’Oréal Professionnel foi a precursora.

Segundo palavras da L’Oréal: É a primeira vez que que tal ingrediente é utilizado em produtos capilares. Graças ao seu alto poder de nutrição, controle e disciplina e a excelente performance no cabelo das brasileiras, a manteiga de murumuru tem tudo para se tornar um verdadeira febre. O Brasil se torna internacionalmente cada dia mas atrativo e uma das razões é a beleza das mulheres brasileireiras e a biodiversidade do país. O Brasil possui riqueza extraordinária e sua biodiversidade sem limites. A manteiga de murumuru já foi usada em outras categorias de cosméticos como hidratante corporal e batom.

A vantagem do murumuru começa por ter uma composição lipídica (de gorduras) bem próxima da composição natural da pele, o que faz com que sua eficiência cosmética seja muito grande.

Rica em ácidos láuricos, mirístico e oléico, que contribuem para regular o equilíbrio hídrico e a atividade dos lipídeos da camada superficial da pele.

Emoliente de altíssima qualidade ela possibilita a recuperação da umidade e elasticidade natural da pele. Pode ser usado em várias formulações contribuindo para deixá-la macia e com suavidade.

Com relação aos cabelos o murumuru tem ainda mais afinidade e performance excepcional de disciplina e nutrição. Confere aos cabelos emoliência, nutrição e hidratação. Além disso, ela tem a capacidade de controlar os fios rebeldes, evitar o frizz e auxiliar na diminuição de volume dos cabelos muito volumosos. É bastante indicado para produtos destinados à pele seca e cabelos ressecados e danificados por fatores externos.

Pode ser aplicado em loções, cremes, sabonetes, condicionadores capilares, máscaras capilares, etc.

Aplicada uma vez por semana em cabelos normais basta para mantê-los brilhantes e saudáveis, já nos cabelos mais secos, dependendo do caso, pode ser utilizada dia sim, dia não.

É altamente indicada para cabelos extremamente secos, muito ressecados ou crespos.

Excelente para fazer cremes hidratantes corporais e faciais pois é um um excelente emulsionante; ele faz uma película protetora que ajuda a pele a reter umidade. Sua composição equilibrada de ácidos graxos repõe a camada natural hidrolipídica, dando brilho, maciez, hidratação e proteção à pele e aos cabelos, sendo ideal para o tratamento de cabelos danificados.

Clique no link para ver a receita de banho de óleo para cabelos cacheados e crespos

As Formulações acima contem informações apresentadas de boa fé e fundamentadas no melhor conhecimento sobre o assunto. As informações têm valor apenas indicativo.Quaisquer informações comentadas, inclusive as sugestões de condições de uso dos produtos, não devem substituir ensaios e verificações experimentais que são indispensáveis para assegurar a adequação do produto a cada aplicação específica.

VOCÊ PODE GOSTAR

Share on FacebookShare on Google+Pin on PinterestTweet about this on TwitterShare on LinkedInEmail this to someone
COMPARTILHE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *