Manteigas – Quem são elas – Manteiga de Bacuri

Manteiga de Bacuri
INCI: Platonia Insigns Butter Platonia insignis, Clusiaceae   O bacuri é natural do Estado do Pará concentrando-se nas regiões do Salgado, Bragantina e Ilha Marajó. Esta árvore pode alcançar 25 m de altura e 1,5 m de diâmetro. Cresce em terra firme e fornece uma madeira de cor amarela, compacta, resistente, que não apodrece facilmente, utilizada, por estas qualidades, nas construções navais. O fruto, que pesa em média 250 g, tem um formato ovalado coberto por uma casca cuja espessura  representa 70% do seu peso. A parte comestível é o endocarpo (polpa), que representa 13% do peso do fruto. Tem cor branca, com aroma forte e sabor adocicado. Cada fruta tem cerca de 4 sementes oleosas que contém 72 % de uma gordura resinosa pardo-escura, quase preta com cheiro desagradável e de difícil filtração. O rendimento em óleo por prensagem é aproximadamente de 40%. Estima-se que a produtividade média de frutos por planta por ano seja de 400 frutos. O fruto do bacuri é muito procurado para doces, tortas, compotas, sucos e sorvetes. A semente  é descartada. Os caboclos da região central da Ilha do Marajó retiram o óleo das sementes com grande dificuldade. As sementes são colocadas de molho em água por mais de um ano e depois fervidas, sendo o óleo retirado da superfície da água fervente. Suas propriedades fitoterápicas são difundidas no Marajó como remédio eficaz contra picadas de aranhas, cobras, no tratamento de problemas de pele, contra dor de ouvido além de ser considerado um remédio miraculoso contra reumatismos e artrites. A manteiga de bacuri dá um tom dourado à pele, em poucos minutos após sua aplicação, ela é absorvida e a pele fica com um toque aveludado, além de tirar manchas e diminuir cicatrizes.   DADOS FÍSICO-QUÍMICOS E COMPOSIÇÃO GRAXA A composição graxa do óleo de bacuri corresponde a um óleo de alta absorção, devido ao seu elevado nível de tripalmitina (50 a 55%), que age como um agente de penetração na pele (carreador). O alto valor do ácido graxo palmitoléico (5%), em comparação com outros óleos que não possuem mais que 0,5 a 1,5 %, qualifica o óleo do bacuri como um emoliente podendo também ser utilizado como umectante.   INDICAÇÕES É indicado como emoliente e umectante. Hidrata profundamente, pois possui alta capacidade de penetração devido a sua grande quantidade de ácido palmítico (44,2 %), sendo capaz de normalizar a barreira natural de proteção da pele. Indicada para peles cansadas, sem brilho e com manchas, pode ser utilizada em todos os tipos de peles e é muito eficaz também no tratamento contra acnes e espinhas.   CONCENTRAÇÃO USUAL 0,5 a 3,0%.   ARMAZENAMENTO Deve ser estocado hermeticamente fechado, ao abrigo da luz e calor.   Manteiga de Bacuri Modo de usar: Aquecer em banho maria, aplicar sobre a pele após o banhoa noite, lavar a parte onde foi aplicada a manteiga no dia seguinte comsabonete de bacuri com argila. Indicações: Acnes – Espinhas – Peles secas – Peles cansadas – Auxilia no combate a pisoriase – Auxilia no combate a erisipela.
]]>

VOCÊ PODE GOSTAR

Share on FacebookShare on Google+Pin on PinterestTweet about this on TwitterShare on LinkedInEmail this to someone
COMPARTILHE