Conhecendo alguns dos Jargões da Cosmética

Quem entra na área dos cosméticos artesanais, muitas vezes se vê perdido com tantos nomes técnicos e diferentes que aparentemente não fazem sentido algum. Esta área mistura arte com técnica, e em alguns momentos fica difícil se familiarizar com tantas coisas novas. Esta matéria tem o intuito de ajudar a esclarecer alguns nomes da cosmetologia que o artesão com freqüência se depara e acaba se complicando sem saber o que e é. Vamos começar falando do famoso Q.S.P. que tanto aparece em formulações que temos acesso. O Q.S.P. é abreviação de “Quantidade Suficiente Para”. Quantidade suficiente para, é uma abreviação usada para dizer que uma substância, geralmente o veículo, vai ser colocada na quantidade suficiente para completar o peso total da formulação. Numa fórmula ou formulação, para um total de um litro de shampoo, por exemplo, vamos supor que os ingredientes ativos mais a base dêem um total de 500 ml. Para completar, o q.s.p. significa que aquele componente da fórmula, não tem uma quantidade fixa como os outros, que sempre estarão na mesma quantidade. Explicando: se uma fórmula, você decide colocar um outro componente ou retirá-lo, aquele que está no formato q.s.p, vai ter sua quantidade aumentada ou diminuída. A água deionizada que você vai usar para completar o litro de shampoo vem escrita na fórmula como quantidade q.s.p., ou seja, quantidade suficiente para completar o total que é de 1 litro. Neste caso serão 500 ml de água. Veículo: É a substância que entra como solvente na formulação, e geralmente, estará em maior quantidade em relação aos demais. Como as substâncias de uma formulação, geralmente não podem ser usadas puras diretamente na pele ou cabelo, usa-se um solvente que vai completar a formulação, deixando os outros produtos na concentração adequada para serem aplicados no corpo. E os tão famosos Graus, o que são: Os graus USP, farmacêutico, cosmético e alimentício,nada mais são do que graus de pureza de uma matéria-prima exigidos, em determinadas situações e finalidades de uso. Grau Alimentício significa que o insumo tem que ter um grau de pureza tal, que esteja livre de qualquer impureza física, química ou biológica, que possa trazer algum tipo de prejuízo a saúde daqueles que vão comsumí-lo. Isto não significa porém, que ele seja absolutamente puro. Grau Farmacêutico, a exemplo do alimentício, quer dizer a substância tem que estar pura o suficiente, de tal forma que não ocorram efeitos indesejados ou problemas na ingestão do remédio ou substância e que ele cumpra com a sua proposta de atuaçãono corpo. Da mesma forma é uma matéria-prima com grau cosmético.Tem que ser suficiente pura, para ser efetiva nos seus efeitos e não causar nenhum efeito indesejado. Grau USP: USP é uma organização científica, americana, regulamentadora, voltada para a indústria farmacêutica, o nome da organização é U.S.Pharmacopeia. Grau usp é uma medida que determina o grau de pureza dentro de parâmetros específicos que é definido pela U.S. P. A substâncias que levam o rótulo usp, são substâncias de grau de pureza que chega a quase 100%, o que significa que o grau de contaminação ou de resíduos de outras substâncias que eventualmente poderiam estar presentes, tais como solventes de extração, etc… é quase nulo ou nulo. São produtos mais caros, e utilizados em situações onde o grau de pureza é imprescindível, como na fabricação de remédios e na utilização em aparelhos muito sensíveis, como os de cromatografia, por exemplo. Graus Químicos: Grau GL : O Grau GL é a fração em volume. O grau GL ou°Gay Lussac (°GL= %V) é a quantidade em mililitros de álcool absoluto contida em 100 mililitros de mistura hidro-alcoólica. Um frasco de álcool com 90 graus GL tem 90% em volume de álcool, e 10% em volume de água. Grau INPM O Grau INPM é a fração em massa. °INPM (%P=porcentagem de álcool em peso ou grau alcoólico INPM): quantidade em gramas de álcool absoluto contida em 100 gramas de mistura hidroalcoólica. Um frasco de álcool com 92 graus INPM tem 92% em massa de álcool, e 8% em massa de água. É uma unidade utilizada pelo Instituto de Pesos e Medidas, para informar o volume de álcool etílico contido em cada litro em qual percentual ele foi diluido. Nome INCI ou INCI Name – Nomenclatura Internacional de Ingredientes de Cosméticos INCI é o International Nomenclature of CosmeticIngredient, um sistema internacional de nomenclatura de cosméticos. É adotado pelo mundo inteiro a fim de padronizar os nomes das substâncias químicas utilizadas na rotulagem de produtos cosméticos. Por existirem cerca de 12 mil ingredientes utilizados como componentes de cosméticos e muitos com mais de um nome comercial, o INCI permite classificar de forma específica e simples a composição dos ingredientes no rótulo dos produtos cosméticos. CAS Number: O número CAS ou registro CAS (CAS number ou CASregistry number, em inglês) de um composto químico, polímero, sequência biológica e liga é um número de registro único no banco de dados do Chemical Abstracts Service, uma divisão da Chemical American Society. O Chemical Abstracts Service atribui esses números a cada produto químico que é descrito na literatura. Além disso, CAS mantém e comercializa um banco de dados destas substâncias: o CAS Registry. Aproximadamente 23 milhões de compostos receberam, até agora, um número CAS. Aproximadamente 4 000 novos números são acrescentados a cada dia. O objetivo é facilitar as pesquisas no banco de dados, visto que, muitas vezes, os produtos químicos têm mais de um nome. Quase todos os bancos de dados atuais de moléculas permitem uma pesquisa pelo número CAS. O registro CAS é separado por traços em três partes: a primeira parte tem até 6 algarismos, a segunda, até dois algarismos e a terceira é um número de controle de um algarismo. Os números são atribuídos cronologicamente e não têm significação particular. Diferenças entre as águas: ÁGUA: Substância química formada por dois átomos de hidrogênio e um de oxigênio. É encontrado no estado líquido a temperatura ambiente. Sua fórmula molecular é H2O. Na natureza, pode ser encontrada nos estados físicos sólido, líquido e gasoso. Pode ou não estar adicionada de impurezas. ÁGUA POTÁVEL: É a água apropriada para beber. Deve ser cristalina, ou seja, incolor e límpida; inodora (sem cheiro) e insípida (sem gosto); livre de impurezas (micróbios e substâncias tóxicas). Pode conter alguns sais dissolvidos e gases em pequenas quantidades. ÁGUA MINERAL: É a água que contém sais minerais dissolvidos. São benéficos para o ser humano. Pode ser classificada de acordo com os minerais que a compõem. ÁGUA TERMAL: É a água que contém sais minerais e que sai do solocom a temperatura alta (gêiser). ÁGUA DESTILADA: É a água obtida através da destilação. As águas desmineralizadas ou destiladas são quimicamente puras isto é: livres de íons, metais pesados etc. ÁGUA DEIONIZADA: É a água que passou por um processo de desmineralização por uma troca iônica sem gasto de energia. O produto final é uma água desmineralizada da mesma qualidade e característica da água destilada. Tanto a água desmineralizada como a água destilada estão quimicamente puras, mas não estão biologicamente protegidas, pois nela não foi adicionado nenhum conservante e nem foi esterilizada. ÁGUA BIDESTILADA: Água bidestilada é água que foi obtida através da desmineralização de água não pura que contém outras substâncias dissolvidas. Contém unicamente moléculas de água (costituídas pelos elementos oxigénio e hidrogénio). É água destilada duas vezes. SOLVENTE: É a substância que dissolve outras substâncias. Na maioria das vezes está em maior quantidade em relação ao soluto. Em formulações cosméticas, é, normalmente, o que chamamos de veículo e em aromaterapia, são os óleos carreadores. SUBSTÂNCIA, COMPOSTO E MISTURA: Substância: possui uma composição característica, determinada e um conjunto definido de propriedades. Pode ser simples (formada por só um elemento químico)ou composta (formada por vários elementos químicos). Composto: É uma substância química formada pela combinação de dois ou mais elementos diferentes em proporções específicas. Mistura – é formada por duas ou mais substâncias puras. As misturas têm composição química variável, não expressa por uma fórmula. Algumas misturas são tão importantes que têm nome próprio. São exemplos: – gasolina – mistura de hidrocarbonetos, que são substâncias formadas por hidrogênio e carbono. – ar atmosférico – mistura de 78% de nitrogênio, 21%de oxigênio, 1% de argônio e mais outros gases, como o gás carbônico. – álcool hidratado – mistura de 96% de álcool etílico mais 4% de água. – acetona – mistura de compostos do grupo das cetonas. Espero que esta matéria tenha ajudado a esclarecer suas dúvidas. Tem algum comentário a fazer? Gostou desta matéria, escreva pra gente contando oque você achou!!!!! Deixe seu comentário com sugestão de matérias que você gostaria de ler aqui. Até a próxima Maria José Equipe Técnica Sabão e Glicerina Clique aqui para visitar nossa Loja Virtual

]]>

VOCÊ PODE GOSTAR

Share on FacebookShare on Google+Pin on PinterestTweet about this on TwitterShare on LinkedInEmail this to someone
COMPARTILHE